Skip to content

Agenda debateu a integração dos sistemas de Mato Grosso e do Pará ao nacional

O Fórum Nacional das Atividades de Base Florestal (FNBF) intermediou uma reunião entre as equipes técnicas do Ibama e das secretarias de Meio Ambiente dos estados de Mato Grosso e Pará nesta quarta-feira (17). Realizada virtualmente, a agenda abordou a integração dos sistemas das secretarias com o órgão nacional para a emissão de licenças e regulamentação dos serviços do setor.

 

O principal objetivo da reunião foi alinhar os serviços necessários e adequações tecnológicas para que os sistemas dos dois estados sejam integrados ao sistema do Ibama. Para o vice-presidente do FNBF, Murilo Souza Araújo, do Pará , a integração dos sistemas sem tirar a autonomia dos órgãos estaduais, traz transparência para o setor florestal. “Somos um setor profissional, organizado, que precisa desta transparência para mostrar para o mundo, para nossos consumidores finais, a verdade sobre o que acontece na floresta. Por isso a transparência é tão importante”.

Leia também:
TRF I determina retomada do sistema que regulamenta as atividades florestais

Com a unificação das informações advinda dos órgãos estaduais haverá um canal oficial sobre o setor florestal. “Nós, do Fórum, estamos buscando cada vez mais profissionalismo para que a sociedade conheça e saiba diferenciar o empresário que trabalha na legalidade daqueles que são ilegais. Precisamos fortalecer quem respeita lei e assim mostrar aqueles que realmente destroem o meio ambiente, que não possuem certificação, utilizam mão-de-obra escrava”, destaca Murilo.

Participaram da reunião os vice-presidentes Murilo Souza, Sérgio Amed, a superintendente Marlova Schmaedecke e o presidente do Fórum Nacional das Atividades de Base Florestal Frank Rogieri de Souza Almeida. Uma nova reunião deverá acontecer em 15 dias já com alguns encaminhamentos concluídos e para analisar os próximos passos para efetivar os trabalhos. Atualmente, só faltam Mato Grosso e Pará para concluir o processo de integração dos sistemas.