O Fórum é uma entidade criada em 1999 com o objetivo de defender e representar todo o setor relacionado à atividade florestal, perante o governo federal, entidades e sociedade de uma forma geral buscando sempre o devido reconhecimento e desenvolvimento do setor. Tem como missão, identificar e discutir questões relevantes que contribuam para o desenvolvimento econômico, social e ambiental do setor de floresta brasileiro.
Atualmente, fazem parte 23 entidades, sediadas no Acre, Mato Grosso, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rondônia e Roraima. Estas entidades, juntas, congregam mais de 3.500 empresas associadas.
Conheça um pouco mais de cada uma delas:

A Associação da Indústria de Madeira Processada Mecanicamente – ABIMCI foi fundada em 1972. Unifica e representa empresas ligadas aos diversos segmentos e fases da cadeia produtiva da madeira, tais como reflorestadoras (silvicultura), indústrias da madeira (fabricantes de painéis compensados, laminados, serrados, pisos, molduras, portas e outros produtos), fornecedores de insumos e máquinas para a indústria de madeira, agentes e importadores de produtos de madeira, distribuidores e revendedores dos produtos madeireiros produzidos pelos associados, empresas do setor de logística e despachos aduaneiros, além da imprensa especializada.

ABFCM

A Associação Brasileira dos Fabricantes de Carrocerias de Madeira (ABFCM) foi fundada em 15 de dezembro de 2015, em São Paulo, por empresários da indústria e comércio de implementos rodoviários, em especial na fabricação de Carrocerias de Madeira. Fortalecida pelos empresários do setor, a ABFCM representa-os diante dos departamentos públicos e setores privados que regulamentam ou interferem nas atividades pertinentes à sua área.

ABRAMADE – Associação Brasileira dos Produtores, Atacadistas e Varejistas de Produtos de Madeira

AIMEX

A Associação das Indústrias Exportadoras de Madeira do Estado do Pará – Aimex foi fundada em 23 de junho de 1981 por um grupo de empresários que tinham como objetivo discutir os problemas específicos referentes à exportação de madeira. A Aimex é uma associação sem fins lucrativos, composta por empresas de base florestal, comprometidas com o desenvolvimento sustentável da Amazônia e do Pará. Suas associadas desenvolvem projetos de reflorestamento e manejo florestal sustentável, além de beneficiarem produtos madeireiros, agregando valor e tecnologia à madeira. A Aimex também desenvolve trabalhos de educação ambiental e responsabilidade social.

ANPM

A Associação Nacional dos Produtores de Pisos de Madeira é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que tem como objetivo contribuir com o uso sustentável dos recursos florestais, unindo e representando as empresas relacionadas a produção e comercialização de pisos de madeira, incentivando a pesquisa e inovação tecnológica em busca de melhores técnicas para aumentar a sustentabilidade ambiental, social e econômica da cadeia de produção de pisos de madeira.

AREFLORESTA

A Associação de Reflorestadores de Mato Grosso - AREFLORESTA foi fundada em agosto de 2003 com a missão de dar visibilidade e fortalecer o setor de reflorestamento de Mato Grosso, com mais de 30 empresas associadas. É referência no país em questões de apoio e representatividade do setor de reflorestamento, sugerindo e opinando em políticas públicas de investimento e fomento do setor, além de agir de forma proativa na abertura de novos mercados para produtos florestais. A AREFLORESTA tem uma gama de ações e representações em defesa do setor de reflorestamento. Além de realizar pesquisas próprias, a Associação também faz parcerias com instituições de ensino e de pesquisa, e incentiva estudos entre as empresas associadas visando o melhoramento tecnológico dos produtos.

ASSIMMANEJO - Associação das Indústrias de Madeira de Manejo do Estado do Acre.

CIPEM

O Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso – CIPEM foi fundado em 2004 e representa a união de oito sindicatos patronais de base florestal, que tem o objetivo de organizar e fortalecer o setor. Incentiva a produtividade e o consumo consciente de madeira e seus subprodutos de forma sustentável, com respeito a legislação vigente e em harmonia com o meio ambiente. O Cipem abrange 100% dos municípios produtores de madeira nativa de Mato Grosso e trabalha para desmistificar a imagem do setor florestal como vilão do desmate da floresta.

FIEMT

A Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso - FIEMT consiste na principal entidade de representação das indústrias do estado de Mato Grosso. O Sistema FIEMT tem sede na capital, Cuiabá, e é composto pelas entidades: FIEMT, Serviço Social da Indústria (SESI), Serviço de Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL). Representa a indústria, fomenta seu crescimento, fortalece o associativismo e contribui com o desenvolvimento sustentável do Estado de Mato Grosso.

SICLAM - Sindicato das Indústrias de Laminados do Estado do Amazonas

SIMAS - Sindicato dos Madeireiros de Sorriso / MT

SIMAVA - Sindicato das Indústrias de Madeireiras do Vale do Arinos / MT

SIMENORTE

O Sindicato dos Madeireiros do Extremo Norte de Mato Gross - SIMENORTE foi fundado no município de Alta Floresta em 31 de outubro de 1997 por empresários madeireiros - pioneiros no ramo. A criação aconteceu com o objetivo de solidificar a união e defender os interesses do setor, além de incentivar projetos sociais. O sindicato estende-se pelos municípios de Apiacás, Carlinda, Nova Bandeirantes, Nova Monte Verde e Paranaíta, além de Alta Floresta, onde é a sede deste sindicato. Atualmente, a entidade conta com aproximadamente 25 empresas filiadas.

SIMNO

O Sindicato das Indústrias Madeireiras e Moveleiras do Noroeste de Mato Grosso - SIMNO tem 23 anos de compromisso com o setor de base florestal madeireiro e moveleiro da região. Atua na representação do setor em diversas frentes, como participações em conselhos, apoio a cultura e esporte. Nas mais de duas décadas de atuação, o SIMNO viabilizou várias conquistas, como a construção da sede do SESI/SENAI, onde são realizados cursos de formação e qualificação de mão de obra, preparando profissionais para industrializar a madeira e garantir maior competitividade mercadológica para os produtos. A missão é congregar e representar os núcleos setoriais madeireiros e moveleiros de sua base de atuação, direcionando as ações para a defesa dos interesses comuns dos associados, visando o desenvolvimento econômico, social, cultural e tecnológico, em sintonia com os pressupostos de preservação ambiental.

SINDIFLORA - Sindicato das Indústrias de Base Florestal.

SINDILAM – Sindicato das Indústrias de Laminados e Compensados do Estado de Mato Grosso.

SINDIMADEIRA

O Sindicato Intermunicipal das Indústrias Madeireiras, Serrarias, Carpintarias, Tanoarias, Esquadrias, Marcenarias, Móveis, Madeiras Compensadas e Laminadas, Aglomerados e Chapas de Fibras de Madeiras do Estado do Rio Grande do Sul – SINDIMADEIRA-RS foi fundado em 5 de abril de 1965, recebendo sua investidura sindical em 27 de abril de 1966. É uma entidade sindical de representação empresarial com sede em Caxias do Sul (RS) e jurisdição estadual. Defende os interesses de mais de 3 mil organizações e 30 mil postos de trabalho na cadeia produtiva florestal/madeireira/moveleira. A grande maioria destes empreendimentos são micro e pequenas empresas que atuam na produção de florestas, serrarias, fabricação de móveis e esquadrias.

SINDIMASP

O Sindicato do Comércio Atacadista de Madeiras do Estado de São Paulo – SINDIMASP foi criado em 1990 com o objetivo de representar, defender e promover a união e o desenvolvimento das empresas do setor. Hoje representa mais de 3 mil empresas, sediadas na capital e no interior do Estado de São Paulo, e congrega aproximadamente 200 empresas associadas. O SINDIMASP é filiado à Federação do Comércio do Estado de São Paulo – FCESP e à Confederação Nacional do Comércio – CNC, onde, como representante da classe, acompanha e participa ativamente das discussões e iniciativas mais relevantes voltadas ao setor, buscando sempre as melhores soluções para os problemas, atuando como protagonista na promoção de políticas públicas setoriais adequadas à realidade e necessidades. O SINDIMASP representa o setor nas negociações, acordos e convenções coletivas de trabalho como integrante da Câmara Intersindical de Conciliação Trabalhista do Comércio - CINTEC, além de prestar serviços de assessoria jurídica, fiscal e em demais áreas de interesse de seus associados.

SINDINORTE

O Sindicato das Indústrias Madeireiras do Médio Norte do Estado de Mato Grosso – SINDINORTE não tem fins lucrativos e representa o setor na região.

SINDUSMAD - AC

É o Sindicato das Indústrias de Serrarias, Carpintarias, Tanoarias, Madeiras Compensadas e Laminadas, Aglomerados e Chapas de Fibras de Madeiras do Estado do Acre.

SINDUSMAD - MT

O Sindicato das Indústrias Madeireiras do Norte do Estado de Mato Grosso – SINDUSMAD adquiriu status de sindicato em 21 de março de 1.986. Até então, a história se passou dentro da Associação dos Madeireiros do Interior do Mato Grosso (Amim). O setor precisava de maior representatividade junto ao governo federal e a federação das indústrias, por isso, em 1.984, passou a ser a Associação Profissional das Indústrias para que, dois anos depois, pudesse se tornar sindicato. Uma das primeiras conquistas do sindicato foi o envio, pela FIEMT, de técnicos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), de São Paulo que, juntamente com madeireiros, pesquisaram as espécies de madeiras da região analisando características, resistência, utilização e catalogando-as. Em sua trajetória, o SINDUSMAD sempre lutou pela melhoria das condições de trabalho de seus associados, procurando diminuir as dificuldades de relacionamento com os órgãos de governo.

UNIFLOR - União das Entidades Florestais do Estado do Pará

UNIFLORESTA

A Associação da Cadeia Produtiva Florestal da Amazônia – UNIFLORESTA foi criada em 10 de julho de 2009, não tem fins econômicos, sua sede está localizada na capital do Pará, Belém, mas sua área de atuação se estende para todo o território do estado do Pará. A missão da UNIFLORESTA é buscar uma nova ordem para a economia florestal no estado do Pará, mudar a imagem do setor florestal, representando, protegendo e defendendo os direitos e interesses dos associados e colaboradores na esfera técnica e jurídica. Nasceu da necessidade de unir a cadeia produtiva florestal, discutir e propor políticas públicas e empresariais exequíveis a curto, médio e longo prazo. A UNIFLORESTA tem como objetivo permanente o desenvolvimento sustentável e continuado da cadeia produtiva florestal e seus atores, preservando o meio ambiente e a biodiversidade.