Skip to content

FNBF apresenta a Sustentabilidade da Cadeia Produtiva Florestal do Brasil ao mundo.

O Fórum Nacional das Atividades de Base Florestal (FNBF) congrega 23 entidades sediadas em diversos estados que, juntas, possuem mais de três mil e quinhentas empresas associadas, sendo a entidade representativa de todo o Setor de Base Florestal Brasileiro.

Vislumbrando a oportunidade de demonstrar ao mundo a sustentabilidade da atividade de base florestal no Brasil, está organizando o encontro “Sustentabilidade da Cadeia Produtiva Florestal do Brasil” durante o evento CasaCor Brasília 2019.

Cientes de que o cenário político atual e as últimas notícias são desfavoráveis a economia do país, principalmente pela desinformação gerada, foram convidadas a participar do evento mais de 30 Embaixadas do exterior no Brasil, na busca por desmistificar a imagem da madeira nativa da Amazônia perante o mundo.

Na oportunidade o Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (CIPEM), uma das entidades associadas ao FNBF, lançará um estande construído de madeira 100% nativa oriunda de Manejo Florestal Sustentável, demonstrando a variedade de produtos, composições e beleza das espécies tropicais brasileiras.

Com a premissa de liderar pelo exemplo, o FNBF informa que toda a madeira utilizada na construção do estande possui Guia Florestal e Nota Fiscal, garantindo a origem legal da madeira e demonstrando a efetividade do sistema de rastreabilidade brasileiro.

“Independente do cenário em que o Brasil se encontra atualmente, o FNBF como entidade representativa do setor que defende o Manejo Florestal Sustentável, não pode e não irá se omitir,  uma vez que além de gerar riquezas ao país, esta atividade é o único meio de se manter as florestas em pé”,  disse Geraldo Bento, presidente do Fórum Nacional.

O evento é marco que determina a era 4.0 do setor de base florestal, nele serão pautados assuntos como, Sustentabilidade da floresta nativa no Brasil, Sistemas de controle que gerenciam a atividade madeireira, Órgãos de gestão ambiental, Cadeia de custódia da madeira, Rastreabilidade dos produtos florestais e Legalidade do mercado florestal brasileiro.

Essa importante agenda acontecerá no dia 18 de setembro de 2019 com início as oito horas da noite (20h) e horário previsto para encerramento as nove e meia (21h30) no endereço: Antiga Casa da Manchete, Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra I, nº 975, Brasília/DF.