Cipem representa setor florestal brasileiro em evento na Argentina

O segmento florestal objetiva avançar a gestão internacional do manejo florestal sustentável fundamentalizando a competitividade no mercado

Oziane Rodrigues – Assessoria FNBF e Cipem

IMG-20160706-WA0015 (2)Os desafios do Setor de Base Florestal, bem como as práticas de Manejo florestal sustentável do Brasil, foram apresentados pelo Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (Cipem), na semana de sustentabilidade e competitividade em Buenos Aires ( CABA) na Argentina.

O evento foi promovido, na primeira quinzena de julho e versou através de diversos workhops, sobre atributos do Programa para o reconhecimento de certificação Florestal (PEFC), como um bem público para a sustentabilidade da floresta por meio do manejo florestal sustentável.

O vice-presidente do Cipem, Rafael Mason e Valdinei Bento dos Santos, diretor executivo da entidade, explicam que o segmento florestal objetiva avançar a gestão internacional do manejo florestal sustentável fundamentalizando a competitividade no mercado.

“Pelo que vimos, buscam garantir uma gestão de rastreabilidade, padronizar os processos de cadeia de custódia e certificação a nível mundial com o produto final, e ser reconhecido como uma marca internacional que agrega valor a partir do PEFC de certificação”, pontua Mason.

Segundo Valdinei Bento dos Santos, os progressos neste selo permitirão agregar valor às marcas existentes na Argentina por meio de uma gestão florestal sustentável e não somente na Argentina, mas, em outros países produtores. “Fomos convidados para participar de um diálogo para conhecer a certificação florestal PEFC, apresentada como importante ferramenta para construir valor compartilhado aumentar a competitividade das cadeias envolvendo produtos de base florestal com manejo sustentável, diferencial e mercado”, reforçou Valdinei.

APRESENTAÇÃO DO CIPEM 

Na oportunidade, o Cipem demostrou a organização do segmento e a preocupação com a sustentabilidade das florestas nativas por meio de vídeo as técnicas e regras corretas utilizadas no processo de colheita florestal no Brasil.

“Tivemos a honra de estarmos presente no evento e por oportuno apresentar o setor florestal de Mato Grosso que em nível estadual é organizado pelo Cipem e dos demais Estados pelo Fórum Nacional das atividades de Base Florestal – FNBF. Os anfitriões ficaram impressionados pela organização e trabalho”.

O vice-presidente ainda pontuou. “O tema ali discutido, deve ser debatido amplamente para garantia do segmento florestal no mercado nos próximos anos, entretanto, o objetivo principal do evento foi o fortalecimento da marca PEFC Certificadora, isso vem de encontro com o envolvimento cada vez maior do setor de base florestal, mas acredito que o grande passo para o segmento será a rastreabilidade por meio da cadeia de custodia. Essa será a garantia do produto para os mercados compradores nos próximos anos. E, embora reconheçamos o valor das certificadoras, creio que podemos fazer isso pelos nossos próprios mecanismos”, finaliza.